• Wellas

recomeçando pela milésima vez esse ano

Atualizado: Abr 2

A gente cresce achando e acreditando que a conquista é uma chegada, mas quanto mais a gente vai percorrendo o caminho, com as experiências trilhadas, com a maturidade, a gente descobre que não.


(Leia ouvindo: Mais Bonito Não Há | Milton Nascimento, Tiago Iorc)



A gente entende que a conquista não tá em um ponto final, que a gente de repente vai chegar em um lugar e pronto, vai estar satisfeito e realizado para sempre, não é bem assim, a gente percebe que a conquista tá presente em todo o caminho, só por escolher continuar andando, já é a maior delas.


Nas paradas que a gente faz pra descansar, nos atalhos, nos caminhos errados que muitas vezes a gente segue por achar que talvez possa ser o certo, nos mapas confusos, nas bússolas quebradas e nos pequenos ou grandes passos de todos os dias.


Depois do primeiro passo, a gente não é mais o mesmo, dificilmente você terá os mesmos pensamentos, motivações, razões, objetivos, como há um ano atrás, alguma coisa mudou, porque o caminho vai mudando conforme a gente vai andando e se adaptando a ele... E é impressionante como tudo muda em um ano.


Quantas vezes quando a gente acha que tá chegando e que finalmente vai descansar e percebe que a estrada é infinita e muitas surpresas esperadas ou inesperadas vão surgindo nos altos e baixos que é caminhar.


Seria legal se de repente a gente pudesse pegar um metrô e ir pulando as estações até chegar no destino que a gente tanto quer, mas infelizmente não é assim, o caminho precisa ser percorrido passo a passo para ser superado.


E recomeçar, é um presente do caminho, é você achar que não vai mais conseguir, porque tá cansado, tá confuso, não aguenta mais caminhar e de repente vem aquele suspiro fundo e você decidi levantar e seguir caminhando em busca de novas aventuras e tudo que o caminho da vida tem pra oferecer.


Esse ano foi a grande prova pra mim, foi o ano que eu mais pensei em parar com diversos projetos, planos, por não entender pra onde a estrada estava me levando, por de repente achar que estava caminhando sem um destino certo, por tá completamente perdido e cansado... E foi em muitas pausas que eu descobri que só fato de já ter caminhado até aqui, já é uma vitória, os aprendizados contam muito.


Eu venho entendo cada vez mais que o segredo não é caminhar sem parar, mas escolher sempre continuar depois de parar pra descansar.


A gente ganha um novo folego, um novo começo, uma nova jornada, toda vez que acha que chegou ao fim da caminhada e decide retomar o caminho.


Não se sinta mal por às vezes parar pra descansar, nem fique comparando a sua estrada com a das outras pessoas, não é uma competição com o outro, mas com você mesmo, supere os seus limites, descanse quando achar que é preciso e retome todas as vezes que achar que não vai conseguir mais.


E se de vez em quando aparecer um metrô para acelerar seu caminho até a próxima estação, pegue sem culpa, a estrada também tem seus presentes, não é errado buscar outras alternativas, saiba aproveitar todas as pequenas e grandes oportunidades...


#Wellas

Posts recentes

Ver tudo

estrada